Sabia que .... os rios subterrâneos podem ser usados para captação de água potável e produção de energia ?

Exemplo desta inovadora aplicação é a água bombeada a partir de um sistema de cavernas na ilha de Java, a qual serve para abastecer a população. 

New content item

Na província de Yogyakarta, no Sul de Java, a população sofre de uma imensa falta de água, especialmente na época seca, a qual dura vários meses por ano. A paisagem seca, marcada com fissuras criadas pela erosão da pedra calcária, oferece um rendimento agrícola muito baixo e dificulta fortemente o abastecimento de água potável. 

No entanto, por baixo da terra a situação é totalmente diferente: aí existem extensos sistemas de cavernas, que contêm quantidades de água relativamente elevadas, sob a forma de rios subterrâneos. Num projecto de investigação envolvendo o Grupo KSB, várias universidades europeias e o governo da província local, esta água, disponível em quantidades suficientes e extremamente pura, foi utilizada para abastecer os habitantes da ilha. 

Para transportar a água das cavernas até à superfície de uma forma extremamente económica e eficiente, foi aproveitado o impulso do escoamento do rio subterrâneo, através da escolha de um ponto de bloqueio adequado, com uma sofisticada barragem, a uma profundidade de aprox. 100 metros, e a energia hidrodinâmica gerada foi utilizada para accionar turbinas acopladas a bombas de alta pressão (ver esquema).

A KSB forneceu as bombas para este projecto (modelos EtanormMultitec), tendo os engenheiros hidráulicos da KSB desenvolvido um compacto sistema de bombagem, que combina os vários componentes (“bombas como turbinas”, caixas de velocidade, acoplamentos e bombas de alta pressão), numa única base. 

Essas bombas de alta pressão transportam a água para a superfície, para um reservatório de armazenagem central, enquanto as “bombas como turbinas”, além de accionarem as bombas de alta pressão, accionam geradores, que produzem electricidade, fazendo com que o sistema não necessite de electricidade externa, difícil de obter naquele local remoto. 

Com este sistema são bombeados 60 m3/h de água potável a 190 m.c.a. A instalação na sua totalidade inclui 2 sistemas destes, mais 3 sistemas ainda maiores, apenas com bombas como turbinas, que só produzem electricidade para a população local.


Todas as info. técnicas e notícias

Additional Information